Personagens
senhora-124x300Dona Alda é idosa, usuária de vários medicamentos e não abre mão de consultar seu farmacêutico. É uma frequentadora assídua da farmácia, mas nunca usa nem chá medicinal por conta própria. Ela sempre busca orientação profissional e, sob o acompanhamento do Dr. Tarcísio, seu farmacêutico, melhorou muito a sua qualidade de vida. Sempre faz questão de dizer para todos os seus amigos que ele contribui, e muito para que a sua hipertensão arterial esteja sempre controlada. Se você é idoso também, fique atento às dicas de dona Alda!
senhorDr. Tarcísio é farmacêutico há quase 40 anos. Durante toda a sua vida profissional ele se dedicou a cuidar das pessoas e inspirou outros farmacêuticos a fazer o mesmo. Ele sabe a importância do seu trabalho para na prevenção e controle das doenças e na promoção da saúde. Nessa campanha, que tem o objetivo de interagir com a população e com os farmacêuticos, o seu papel será orientar quanto ao uso correto, seguro e racional dos medicamentos, ensinando para as pessoas que o farmacêutico tem um papel crucial para que os tratamentos de saúde atinjam os melhores resultados possíveis. Ele também irá explicar sobre as leis e normas que regem a profissão farmacêutica e o funcionamento das farmácias. Faz bem conhecer a legislação para ficar por dentro dos limites da atuação dos farmacêuticos e saber que ações e serviços são possíveis de serem encontrados nas farmácias.
mulher-gMalu, a Maria Luíza, se mudou para o bairro faz pouco tempo. Mas já virou paciente do Dr. Tarcísio, a quem foi apresentada pela dona Alda, sua vizinha. Ela tem diabetes e andava com os níveis de glicose alterados. Tinha dificuldades no uso dos medicamentos e da insulina, porque mantinha hábitos de vida que prejudicavam o tratamento. Com a ajuda do Dr. Tarcísio, passou a conhecer melhor a sua doença, aprendeu a aplicar corretamente a insulina e hoje faz dieta e exercícios orientados por uma nutricionista e um educador físico. A Malu vai ensinar que os portadores de doenças crônicas estão entre os pacientes que mais precisam dos farmacêuticos.
menino-g-copyCaio tem 7 anos. Ele é respirador bucal e portador de asma. Não é uma doença fácil, mas ele já aprendeu com a sua avó, a dona Alda, que todo tratamento de saúde se torna mais fácil quando o paciente fica aos cuidados de uma equipe de saúde. O Dr. Tarcísio lhe ensinou como usar corretamente os dispositivos inalatórios, que todo mundo conhece como bombinhas, e ele agora tem fôlego de sobra para curtir a sua brincadeira preferida, que é radicalizar no skate. Caio quer ser farmacêutico quando crescer e promete ensinar tudo que já aprendeu com a sua avó e Dr. Tarcísio.